• Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube

©2020 por Clara Nicolato. Direitos Reservados.

A Importância do Simbólico

Lacan nos ensinou que existem 3 registros psíquicos: simbólico, imaginário e real!


Não vou explicar muito essa complexa teoria, apenas levantar alguns pontos para refletir!


O simbólico, de uma forma mais simples de falar, é um registro que está associado às leis de convivência social (diferente das jurídicas), que ele preferiu dizer como as leis da linguagem! São leis que nos permitem conviver em sociedade de uma forma mais harmônica, sabendo utilizar da palavra para simbolizar nossas questões!




Essas leis são inscritas no nosso inconsciente a partir das funções materna e paterna que, quando não são falhas, inscrevem a falta no nosso inconsciente, isto é, coloca limites!


A falta é o que nos torna desejante, uma vez que so desejamos porque algo está faltando! E é o desejo que nos coloca em movimento na nossa própria história, por isso importante sustentá-lo!


Diferente do desejo, há uma força psíquica (pulsão) que nos leva aos excessos e a repetição (gozo), e é algo do campo do indizível = sem palavras!


Ou seja, diferente do desejo, os nossos aspectos pulsionais e gozosos nos levam ao ato, já que faltou palavras para simbolizar certas questões!


O ato é quando a gente utiliza do nosso corpo e, muitas vezes, nos coloca para expressar a violência, o estresse, a tristeza, entre outras coisas de uma forma física! Enfim, é uma das saídas que o nosso inconsciente encontra!


Mas o ato em excesso é algo perigoso, ele gera intolerância, caos, desordem, brigas.. é sempre importante a comunicação, utilizar da palavra e da linguagem para lidar com nossas questões!


Entretanto o mundo de hoje é o mundo do declínio do simbólico, pois, entre muitas outras coisas como uma falha da função paterna, estamos inseridos numa sociedade do espetáculo que nos coloca para consumir imagens o tempo todo e, com isso, a fala vai sendo cada vez mais apagada frente ao poder imagético!


O registro do imaginário entra em predominância e o simbólico se enfraquece...temos que tomar cuidado em relação a isso!


Não podemos nos calar! Aliás, é preciso falar para simbolizar nossas questões e dar voz para aquilo que fala dentro de nós! Ter saúde mental engloba também saber falar, simbolizar e re-significar!