A Psicanálise e o divã: ele é essencial?

Muitas pessoas associam a experiência da análise ao divã. Mas você sabia que ele não é essencial em um processo analítico?

.

Mas o que é o divã?

.

O divã é uma espécie de sofá em que o paciente se deita. Quando ele está lá, o analista normalmente se posiciona atrás e, dessa forma, ele não consegue vê-lo.

.

Mas o divã não é algo que o paciente deita na primeira sessão, e sim posteriormente a partir do convite do analista. Ele significava a entrada do paciente em análise efetivamente, isto é, quando o paciente se entrega ao processo aprofundando-se mais em questões inconscientes.

.

No entanto isso mudou na contemporaneidade. O divã passou a ser um artifício e não algo essencial para a entrada em análise. Com isso, muitos estão em análise sem sequer deitar no divã.

.

Por que isso mudou?

.

O divã era algo que foi muito usado por Freud, mas com o passar dos anos notou-se que os processos fluíam mesmo sem ele, pois, o que possibilita isso tem mais a ver com o vínculo transferencial criado entre o psicanalista e o paciente do que qualquer outra coisa.

.

O que talvez o divã facilite é a associação livre (falar de forma espontânea e fluida ligando um assunto à outro). Mas por que isso? Porque sem ter o olhar para o analista, o sujeito pode se sentir mais a vontade para falar. Com efeito, pode até ter a sensação de que está falando para si mesmo.

.

Além disso, o uso do divã se tornou algo muito subjetivo, pois têm pacientes que se incomodam com ele ou até mesmo não o suportam (muitas vezes por não gostarem de ficar de costas para o analista). Mas, por outro lado, tem outros que realmente relatam se sentirem mais livres para falar.

.

Logo, o uso ou não do divã vai depender da singularidade de cada um e da direção do tratamento de cada caso.

.

Mesmo assim, hoje em dia cresce o número de psicanalistas que não utilizam o divã.

.

Logo, ele não é uma regra do processo analítico e muito menos essencial, mas ele pode ser um artefato a contribuir com certos processos.

.

Você já ouviu falar do divã ou até mesmo já se deitou em um? Conte-me sobre a sua experiência.

  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube

©2020 por Clara Nicolato. Direitos Reservados.