• Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube

©2020 por Clara Nicolato. Direitos Reservados.

AVISO

Nesse período de quarentena, diante do COVID-19, estou atendendo apenas ONLINE.

 
convênio

Sobre 

Clara Nicolato

Meu trabalho consiste em acolher a pessoa no todo, ajudando-a a ressignificar e elaborar sua história de vida, se implicando nela, iluminando seu olhar para aquilo que passa despercebido e proporcionando uma nova abordagem de suas questões para que se coloque em movimento na sua própria história! 

Meu propósito é disseminar saúde mental, possibilitando que as pessoas consigam encontrar soluções e saídas em suas vidas para aquilo que as paralisa, as toca e as marca a partir de um tratamento que vai olhá-las em sua singularidade e na totalidade de sua história. Não existe nada mais libertador do que trabalhar nossas questões, escutar o que fala em nós e aprender a lidar com nossos sintomas.

Minha Trajetória

Sou formada em Psicologia pela PUC Minas com ênfase clínica, faço Mestrado no programa de pós-graduação da mesma instituição e minha pesquisa está circunscrita na psicanálise. Faço curso de psicanálise no IPSM-MG, onde também frequento núcleos de pesquisa e seminários.

Comecei minha atuação profissional nos estágios supervisionados na clínica da PUC Minas, onde também fui Monitora. Neles, tive experiências em instituições, ONGs e em consultas individualizadas. Hoje, além da clínica particular, atuo na Associação Mineira de Proteção à criança voluntariamente.

Também sou palestrante e ministro apresentações de diversos temas dentro da saúde mental, com foco sobre o mundo contemporâneo e a juventude atual, temas os quais venho pesquisando com mais afinco. Também publico vídeos e textos em prol de promover uma conscientização sobre saúde mental.

01.

A psicanálise é uma área da saúde mental que trabalha com o inconsciente – é estudada na graduação em Psicologia, porém é uma teoria independente. Importante, primeiro, marcar a diferença entre Psicologia e Psicanálise: para se tornar psicólogo requer-se uma graduação em psicologia e existem várias abordagens teóricas diferentes e, inclusive, atuações para além da clínica e do consultório; já para se tornar Psicanalista é necessário uma formação sem fim (após uma graduação – não necessariamente de psicologia)

(...)

02.

A psicanálise é diferente de uma terapia convencional, pois trabalha-se com o inconsciente, com o não-dito, com o escondido, com aquilo que passa imperceptível. Isto é, a Psicanálise vai trabalhar com o inconsciente do paciente através da palavra, revelando aquilo que está por detrás dos seus sofrimentos, angústias, falas, sintomas, demandas, comportamentos, idealizações, frustrações, fantasias, desejos, repetições, etc, o tornando mais consciente de si mesmo através do bem-dizer e dos desembaraçamentos de sua mente.

(...)

03.

Escolhi a psicanálise não só porque me apaixonei pela teoria, que se mostrou brilhantemente construída, indo além de sintomas e focando na "raiz do problema" (o inconsciente), mas também porque após começar minhas própria análise, senti os efeitos em minha vida e vi o tanto que pode ser benéfico quando o analisante se engaja no processo. Sou apaixonada pela psicanálise e acredito que ela seja extremamente eficiente na saúde mental. Por que fazer, então, análise? Como já dito, terapia não é o mesmo que análise, 

(...)

04.

Essa é uma pergunta que muitas pessoas acabam fazendo. A psicanálise é uma teoria que desde seu nascimento, com Freud, sofreu inúmeros preconceitos, por ser uma teoria que trabalha o inconsciente, algo tão abstrato, impossível de ser medido ou comprovado pela ciência clássica. Sem contar com o estranhamento que causou nas pessoas por abordar temas tão recalcados em nós e que tocam o nosso trauma e, por isso, tanta resistência. O mundo de hoje contribui com mais preconceitos ainda, pois é um mundo imediatista e, assim sendo,

(...)

Sobre
Convênio